Foto: Daniel Castellano / SMCS

A Escola Municipal Professor Brandão, no bairro Alto da Glória, passou na sexta-feira (19/2) pelo processo de sanitização com amônia quaternária. É mais uma das medidas de segurança que a Prefeitura de Curitiba tem adotado durante a pandemia da covid-19. No caso das unidades da rede municipal, tem sido feito um reforço nos procedimentos regulares de higienização.

“Ações como esta, que se repetirão em outras unidades, garantem a segurança de todos no retorno das aulas”, disse o prefeito Rafael Greca ao acompanhar o procedimento dentro da escola, que tem 470 estudantes.

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, explicou que a sanitização é um procedimento diferente da limpeza normal, feita diariamente com desinfetantes. “Esta nebulização é para eliminar vírus, bactérias e fungos.”

O secretário de Administração e de Gestão de Pessoal, Alexandre Jarschel de Oliveira, reforçou que o procedimento contribui para o bem-estar e a segurança dos servidores da Educação.

Todas as unidades também já receberam Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e itens de limpeza para o dia a dia, como tapetes sanitizantes, totens e frascos de álcool em gel, face shields, máscaras. Os produtos foram adquiridos pela Prefeitura, desde o ano passado, e distribuídos às unidades.

A Secretaria Municipal da Educação investiu, por enquanto, R$ 2 milhões na aquisição de itens para prevenção ao novo coronavírus e produtos de limpeza destinados a toda rede municipal de ensino.