A tradicional caderneta de poupança registrou saída líquida de 5,832 bilhões de reais em fevereiro, acumulando saldo negativo pelo segundo mês consecutivo em 2021, informou o Banco Central (BC) nesta quinta-feira.

O desempenho negativo se dá após a poupança ter batido recorde de aplicações no ano passado e coincide com o fim da concessão do auxílio emergencial aos mais vulneráveis, pago pelo governo em medida de enfrentamento à crise da Covid-19 até dezembro.

No mês passado, os saques superaram os depósitos em 5,005 bilhões de reais no Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), enquanto na poupança rural houve retirada líquida de 827,5 milhões de reais.

Fonte: Reuters