Foto: Receita Federal

A Alfândega da Receita Federal em Paranaguá realizou na sexta-feira (12), a primeira apreensão de cocaína no ano, após o scanner instalado no porto detectar anomalias nas imagens da carga de madeira que tinha como destino final a Europa. Ao abrirem o contêiner, foram encontradas malas com cerca de 220 kg de pasta base de cocaína.

Foi constatado que os contrabandistas violaram um contêiner com carga lícita para introduzir a droga sem o conhecimento do exportador, utilizando o método conhecido como rip-on/rip-off. A cocaína será encaminhada para a PF, que dará início às investigações para encontrar os responsáveis pelo envio.