Fotos: Jaelson Lucas / AEN

A comercialização da próxima safra (2021/22) de soja do Brasil, que será plantada somente em setembro, alcançou um fluxo recorde de 9,4% da produção esperada para o Brasil, com negociações mais adiantadas em relação à média histórica de 2,3% para o período, estimou a consultoria Datagro nesta quinta-feira.

Segundo projeção preliminar, que considera área maior em 2,9%, clima razoavelmente regular e produtividade dentro da normalidade, a próxima temporada tem potencial para atingir históricas 141,17 milhões de toneladas.

Desta forma, 13,22 milhões já estariam negociados antecipadamente pelos sojicultores brasileiros.

Para a safra atual, as vendas chegaram a 60,4% até o dia 5 de fevereiro, ante média histórica de 40,8% para o período, de acordo com a consultoria.

Fonte: Reuters