Fernando Siqueira Carvalho diz que os drones vêm ganhando cada vez mais popularidade, conseguindo até sua regulamentação no Brasil. Mas você sabia que a história desse “veículo” lembra muito o surgimento da internet?

Eles surgiram por volta da década de 1960, mas devido ao uso militar, só começaram a atrair a atenção das pessoas na década de 1980. Durante a Segunda Guerra Mundial, as grandes potências buscavam a aplicação de tecnologia para melhorar sua eficácia no ataque ao inimigo. O primeiro drone foi inspirado em bombas, conhecida como buzz bomb, e seu principal objetivo era criar uma arma de detonação de longo alcance.

Os Drones tinham como objetivo permitir que soldados vigiassem ou até mesmo atacassem uma determinada região. Fernando Siqueira Carvalho conta que o equipamento tinha a vantagem de efetuar ações, que muitas vezes eram perigosas, mas sem necessariamente colocar uma vida em risco. Além de também servir como apoio em ataques, espionagem e até para mandar mensagens.

O drone que conhecemos hoje foi inventado em 1977 pelo israelita Abe Karem, engenheiro espacial responsável pelos drones americanos mais temidos e bem-sucedidos da época. No Brasil, a história dos drones é marcada pelo BQM1BR, o primeiro drone registrado no país, fabricado pela CBT (Companhia Brasileira de Tratores). O protótipo, movido por motores a jato, foi projetado para servir de alvo aéreo e voou pela primeira vez em 1983.

Atualmente, esses aparelhos marcam a era das novas tecnologias, por revolucionar diversas áreas de trabalho e podendo ser pilotados por controle remoto ou por aplicativos instalados em smartphones. Fernando Siqueira Carvalho comenta que esses modernos drones são equipados ou permitem a instalação de câmeras de alta resolução, para que os usuários possam assistir a todo o conteúdo filmado em tempo real, podendo até gerar modelos técnicos para diferentes segmentos de mercado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui