A Logística Reversa é, atualmente, um tema muito comentado no meio organizacional. Isso porque, de acordo com Marcio Alaor de Araujo, esse setor tem se preocupado, nos últimos anos, com os impactos que os meios de produção podem causar no meio ambiente. 

Dessa forma, o pensamento mais consciente na hora de produzir tem se tornado tendência entre as grandes organizações, de modo que as produções sejam feitas de maneira menos agressiva e mais sustentável. Isso se deve principalmente ao fato de agora haver uma legislação voltada exatamente para a proteção ambiental. 

Nesse sentido, é por isso que, segundo o empresário Marcio Alaor de Araujo, as empresas têm investido nesse tipo de logística (reversa), uma vez que é ela quem dá conta, afinal, das mudanças competitivas e sustentáveis que agora se devem ter nos processos produtivos. 

Mas, afinal, o que é a Logística Reversa?

Sem mais delongas, Marcio Alaor de Araujo explica que a Logística Reversa nada mais é que uma solução para evitar mais poluição do que já existe, uma vez que há uma grande geração de resíduos, principalmente nos meios urbanos, na mesma medida em que há um mal gerenciamento quanto aos descartes do mesmo. 

Na prática, esta logística atuará na devolução ou descarte correto de produtos danificados ao fabricante ou em pedidos incorretos ou expirados, por exemplo. Por isso, acredita-se que esta é extremamente importante em organizações, especialmente aqueles de nível global. 

Sendo assim, Marcio Alaor de Araujo ainda conclui que a Logística Reversa possui diversas vantagens, tais como o grande potencial de redução de custos, a melhoria do processo produtivo, o desenvolvimento do melhor relacionamento com a sociedade, a ampliação das vantagens competitivas e, é claro, a adequação à legislação ambiental. Importante, não é mesmo?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui